A TAXA DE NATALIDADE NO MUNDO ESTÁ CAINDO E ISSO É UM GRANDE PROBLEMA

Sharing is caring!

É notório para qualquer pessoa que pare um tempo para reparar que as pessoas, com o passar do tempo, estão tendo menos filhos. Antigamente, era normal um casal ter cinco ou mais filhos. Hoje em dia, as pessoas se espantam se alguém quer ter três filhos.

Essa mudança no comportamento das pessoas afeta vários outros aspectos da vida. Segundo uma pesquisa feita pelo The Lancet sobre as taxas globais de fertilidade de 1850 a 2017, elas estão caindo praticamente no mundo todo e esse impacto pode ser catastrófico.

Problemas

Em 1950, a média de filhos por mulher era de 4,7 em toda sua vida, mas esse número mudou e, em 2017, a média passou para 2,4 filhos. Esse número diminuindo significa que quase metade das nações do mundo passam por uma crise de bebês. Essa crise implica na falta de pessoas para manter nossa população.

“Nas tendências atuais, haverá muito poucas crianças e muitas pessoas com mais de 65 anos, e isso é muito difícil de sustentar a sociedade global”, disse Christopher Murray o autor do relatório.

“Pense em todas as profundas conseqüências sociais e econômicas de uma sociedade estruturada assim com mais avós do que netos”, ressalta.

Lado positivo

Mesmo com essa taxa diminuindo, ela tem o seu lado positivo. Podemos pensar que antigamente as pessoas tinham que ter seus filhos ainda jovens para conseguir a família que sempre quiseram. Atualmente, as pessoas estão vivendo mais, então os planos de filhos são adiados e podem ser realizados mais tarde do que em anos passados.

Outro fator é a condição da mulher na sociedade. Até 1950, as oportunidades dadas às mulheres eram bem poucas, se não nulas. Hoje, com o aumento dos métodos contraceptivos, as oportunidades de trabalho, a independência financeira e outras coisas possibilitaram as mulheres outras coisas, além da maternidade.

A diminuição dessa taxa também beneficia o meio ambiente. A taxa global de nascimentos teria que ser menor do que 2,1 para que a população mundial realmente diminuísse, mas essa baixa faz com que o crescimento populacional seja mais lento. Com isso o meio ambiente tem uma possibilidade de ir se recuperando, enquanto nós vamos lidando com a situação climática e a fome no mundo.

Facebook Comments